Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Carnaval: SP cancela 24 blocos; governador da Bahia diz ser impossível fazer festa

    "Ficou impossível realizar a festa em 2022", diz Rui Costa, governador da Bahia

    Artur NicoceliGiulia Alecrimda CNN São Paulo

    O final de 2021 foi assolado pelas notícias sobre a variante do coronavírus Ômicron e a nova gripe. Com isso, diversos setores têm reavaliado suas operações para o início do  ano que vem, e Rui Costa (PT), governador da Bahia, na manhã desta quinta-feira (23), por exemplo, declarou que “ficou impossível fazer o Carnaval” de 2022.

    “Continuamos tendo mortes relacionadas à Covid-19, e agora já passamos a ter falecimentos relacionados à gripe”, declarou. “Então, alguém falar de Carnaval a essa ‘altura do campeonato’ está querendo ser irresponsável com a vida… e eu não estou nesse grupo”.

    Rui destacou ainda que não há nenhuma condição quando “tenho 2 milhões e meio de pessoas com atraso na vacinação. Já temos risco suficiente em admitir festas com 5 mil pessoas, imagine com 3 milhões. Então vamos devagar”.

    Ele cita ainda os países na Europa que adotaram novas medidas restritivas. Paris, na França, por exemplo, cancelou a festa de Réveillon, enquanto a Holanda determinou um lockdown por três semanas.

    “Não queremos voltar a perder tanta gente como perdemos”, disse. A declaração aconteceu durante ato inaugural no Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador.

    No Twitter, o governador também afirmou que: “É evidente que eu gostaria de anunciar que teremos Carnaval, mas não posso fazer isso se, em 45 dias, os números não caem!”

    Questionada pela CNN, a prefeitura de Salvador informou que não irá se pronunciar sobre o assunto: “Não haverá declaração da Prefeitura no momento”.

    O Carnaval da Bahia é uma das festas mais aguardadas anualmente.

    Outras festas

    O avanço da variante e o crescimento nos casos da Influenza também resultou no cancelamento de 24 blocos de rua que participariam do Carnaval de São Paulo no próximo ano. A lista foi publicada nesta quinta-feira pelo Diário Oficial. Veja abaixo:

    • Fresquinhas
    • Tarsilas & Andrades
    • Arena Folia
    • Bloco do Abrava
    • Bloco do Piruka/Kondzilla
    • Cobra Criada
    • BLOCO DA OSE
    • Bloco Filhas da Lua
    • O Baile
    • Bloco TT
    • CARNA-GRIME
    • KiaMor de Carnaval
    • Bloco das Gloriosas
    • O Baile
    • Banda Mon Amour
    • Bloco de Rua Vem Ku Nóis Ó
    • Bloco Carnavalesco Bufalos de
    • Vila Prudente
    • CARNAFLUXO
    • Vra Power
    • Bloco do Fubá
    • Conselho do Samba
    • Bloco Te Amo Mas Só Como
    • Amigo
    • Afoxé Filhos de Gandhy SP
    • Pipoca da Rainha

    No Diário também estava escrito que: “A autorização definitiva para a realização do Carnaval de Rua da Cidade de São Paulo em 2022 está condicionada à liberação pela COVISA (Coordenadoria De Vigilância Em Saúde)”.

    Em 27 de novembro, a prefeitura de São Paulo havia divulgado a primeira lista dos blocos de rua do carnaval de 2022.