Chuvas no Nordeste podem provocar novos deslizamentos, diz meteorologista

Temporal em Pernambuco já deixou mais de 128 mortos

Artur Nicocelida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, Maria Clara Sassaki, meteorologista da Climatempo, informou que o período climático no Nordeste deve continuar semelhante, o que pode provocar novos deslizamentos e atrapalhar também as atividades da defesa civil e dos resgates. As chuvas em Pernambuco já deixaram mais de 128 mortos.

Ela explica que há uma frente fria no Sul da Bahia neste sábado (4) e que deve avançar até o Recôncavo Baiano até o final da tarde, “deixando instável as áreas que foram fortemente afetadas por temporais”.

Outro aspecto que impacta o clima na região é uma condição do oceano mais aquecido, “que pode deixar as chuvas mais carregadas que o normal”, destaca Maria Clara.

A especialista adverte ainda que é muito difícil prever dados climáticos “muito extremos”. Dessa forma, o Climatempo costuma manter alerta em determinadas localidades, “mas é [complicado] afirmar que passará a média climatológica”.

Contudo, para os meses de junho e julho, a especialista destacou que o clima não será semelhante ao que acontece hoje. Mas adverte, “ainda não chegamos no inverno, que é o período de mais chuvas”.

 

 

 

Mais Recentes da CNN