Com praias proibidas, pontos turísticos no Rio ficam lotados neste fim de semana

Em cachoeiras e trilhas na mata, que não estão no decreto de medidas restritivas da prefeitura, houve aglomeração

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram aglomeração de pessoas em cachoeira no RJ neste domingo (21)
Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram aglomeração de pessoas em cachoeira no RJ neste domingo (21) Foto: Reprodução/Redes sociais

Iuri Corsini e Thayana Araújo, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Com as praias fechadas no Rio de Janeiro, os cariocas não perderam tempo e aproveitaram o sol para lotar outros pontos turísticos da cidade neste fim de semana.

Em Campo Grande, na zona oeste, houve uma verdadeira ocupação de gente no Parque do Mendanha, próximo a uma cachoeira. 

O registro obtido pela CNN foi deste domingo (22). Nenhum frequentador usava máscara e o distanciamento também não aconteceu.

O local é sempre frequentado por famílias. Nas imagens, é possível identificar crianças sem máscaras. Em postagem nas redes sociais, a foto recebeu diversos comentários. 

Um dos comentários demonstrou inconformidade com a cena. “Acabei de denunciar [aglomeração]”. Outro compartilhamento dizia:” por isso sou contra o Lockdown! Ninguém respeita nada”.               

Já na tradicional trilha da Pedra da Gávea, na zona sul da cidade, o que se viu foi um inusitado “congestionamento” de pessoas – algo pouco comum como mostra um outro registro em que a CNN teve acesso. 

O local, famoso pela calmaria e vasta vegetação, virou cenário de desrespeito aos protocolos de combate ao coronavírus.     

Apesar do decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro estabelecer proibições nas praias e não citar cachoeiras e trilhas, autoridades do estado fluminense nunca deixaram de recomendar o bom senso à população. 

Praia de Copacabana vista vazia neste sábado (20)
Praia de Copacabana vista vazia neste sábado (20)
Foto: MICHEL FILHO/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO

O fechamento das praias é valido até esta segunda-feira (22), quando devem ser definidas novas medidas restritivas na capital e no estado do Rio de Janeiro.

Mais Recentes da CNN