Comandante do Exército, Edson Pujol, testa positivo para Covid-19

Pujol recebeu o diagnóstico após internação para fazer uma cirurgia por conta de uma fratura no fêmur

Comandante do Exército Brasileiro, General-de-Exército Edson Leal Pujol. Porto
Comandante do Exército Brasileiro, General-de-Exército Edson Leal Pujol. Porto Foto: Marcos Corrêa/PR

Luana Franzão,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Centro de Comunicação Social do Exército anunciou nesta sexta-feira (4) em nota à imprensa que o comandante da instituição, Edson Pujol, testou positivo para o novo coronavírus

O general teria realizado o teste de Covid-19 antes de realizar uma cirurgia no Hospital das Forças Armadas, no sábado. A operação foi feita por conta de uma fratura no fêmur, da qual a nota afirma que está se recuperando bem.

O comunicado afirma que o oficial encontra-se assintomático até o momento e está cumprindo quarentena, conforme recomendado pelas autoridades da Saúde, e também afirma que ele estava cumprindo um regime de trabalho remoto em sua casa, mesmo antes do diagnóstico.

Leia também:
Exclusivo: 77% querem vacinação obrigatória no Brasil, diz estudo
Estados têm autonomia para decidir ações de vacinação da Covid-19, diz entidade
Pontos de testagem em massa ficam vazios no primeiro dia de exames no Rio

O presidente Jair Bolsonaro comentou o diagnóstico de Pujol com apoiadores na noite de quarta-feira (2). Ele disse que “quem se cuida, também acaba pegando a Covid-19”, e que muitas autoridades que trabalhavam por “videconferencia, usavam máscara e cumprimentavam com o cotovelo” se infectaram.

Tópicos

Mais Recentes da CNN