Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Confederação Israelita lança plataforma para combater antissemitismo no Brasil

    Segundo a CONIB, manifestações preconceituosas contra judeus cresceram 576% nas redes sociais

    Confederação Israelita do Brasil lançou plataforma para combater antissemitismo
    Confederação Israelita do Brasil lançou plataforma para combater antissemitismo Reprodução/CONIB

    Da CNN

    A Confederação Israelita do Brasil (CONIB) lançou uma plataforma para combater o antissemitismo no Brasil. Segundo o com monitoramento digital feito pela CONIB, houve aumento de 576% nas manifestações preconceituosas contra judeus nas redes sociais desde o começo da guerra entre Israel e Palestina até janeiro deste ano.

    Como parte de um projeto de combate ao antissemitismo e ao discurso de ódio no país, a plataforma disponibiliza informações de educação e conscientização sobre a história dos judeus, dados e pesquisa sobre as denúncias de preconceito, além de avaliações das políticas públicas e do ambiente regulatório das redes sociais.

    A Confederação também vai disponibilizar conteúdo de análise para adoção de medidas legais contra as ocorrências. Ainda segundo os dados da CONIB, somente de outubro a dezembro de 2023, o aumento de denúncias de antissemitismo foi de 913% quando comparado ao ano anterior.

    Em parceria com o DSC (Departamento de Segurança Comunitária), a CONIB gerencia um canal de denúncias de antissemitismo, avaliando os indicadores, analisando as denúncias e atuando no encaminhamento aos canais ou às autoridades competentes.

    “Nosso objetivo é mitigar os impactos para a comunidade judaico-brasileira da apropriação polarizada e politizada da guerra entre Israel e Hamas, no país, que se reflete no acirramento de um clima de hostilidade, desrespeito e preconceito”, afirmou Claudio Lottenberg, presidente da Conib.