Confronto entre milicianos tem dois mortos e sete vans queimadas

Criminosos lutam pelo controle de bairros da Zona Oeste do Rio de Janeiro

Guerra da Milicia na zona Oeste do Rio deixa vans incendiadas, nesta quinta (16)
Guerra da Milicia na zona Oeste do Rio deixa vans incendiadas, nesta quinta (16) FÁBIO COSTA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Lucas Janoneda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Pelo menos duas pessoas morreram e sete vans foram incendiadas durante um confronto entre milicianos pelo controle de bairros na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

As ações, que acontecerem entre quarta e quinta-feira (16), fazem parte de uma disputa entre os criminosos pelo controle de áreas antes dominadas pelo miliciano Ecko, morto há três meses.

A CNN teve acesso as imagens que mostram as vans incendiadas em diversos locais da capital fluminense.

Vans escolares foram incendiadas em conflito no Rio de Janeiro / Reprodução

Nesta quinta-feira (16), o bairro de Campo Grande vivenciou cenas de guerra: pelos menos sete vans que fazem transporte alternativo de passageiros foram incendiadas, ruas interditadas e o policiamento está ser reforçado na região.

Uma das mortes foi confirmada em Santa Cruz, outro bairro da Zona Oeste.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para ocorrências de incêndios em vans em três pontos diferentes da região.

A PM confirmou duas mortes até o momento. A Polícia Civil informou que está com efetivo reforçado no local e aeronaves estão sobrevoando a área para impedir que novos ataques aconteçam.

Já a Secretaria Municipal de Transportes esclareceu que trata-se de um problema de segurança pública.

O Rio Ônibus informou que reduziu a frota em torno de 10% nas áreas de conflito e, em alguns casos, houve necessidade de desvio de itinerário, sem a paralisação dos serviços.

Vans foram incendiadas em diversos pontos do Rio de Janeiro / Reprodução

Mais Recentes da CNN