Operação da PF no Rio de Janeiro mira esquema de tráfico internacional de drogas

Doze pessoas foram presas nesta terça-feira (24) acusadas de levar entorpecentes para fora do país; envio era feito por meio de pequenas embarcações

Operação da PF contra tráfico internacional de drogas apreendeu mais de 200 kg de cocaína
Operação da PF contra tráfico internacional de drogas apreendeu mais de 200 kg de cocaína Divulgação/Polícia Federal (24.ago.2021)

Isabelle SalemeThayana Araújoda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Doze pessoas foram presas pela Polícia Federal (PF), em ação contra o tráfico internacional de drogas, no início da manhã desta terça-feira (24). Oito dos mandados de prisão foram cumpridos no Rio de Janeiro e quatro no Espírito Santo.

A operação, batizada de Tamoios, contou com 60 policiais federais para cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão, expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. No Rio, os policiais estiveram em endereços na Ilha do Governador, na zona norte, e na Barra da Tijuca, na zona oeste.

Em um balanço parcial da ação, foram apreendidos mais de 200 kg de cocaína, R$ 827.000,00 em dinheiro e 14 veículos de luxo. Além disso, seis imóveis de alto padrão nos municípios de Guarapari, no Espírito Santo, e em Mangaratiba e na capital fluminense tiveram bloqueio judicial decretado.

A investigação que culminou na operação durou cerca de dois anos e contou com o apoio da Capitania dos Portos dos dois estados. Segundo a PF, a organização criminosa utilizava pequenas embarcações pesqueiras e mergulhadores profissionais no esquema de envio de entorpecentes.

Os investigados fingiam que eram praticantes de pesca artesanal e de mergulho para realizarem de forma organizada o transporte de grandes carregamentos de cloridrato de cocaína. A droga saía do Rio de Janeiro e era transportada até o Espírito Santo. De lá, era embarcada para a Europa, tendo como destino o Porto de Rotterdam, na Holanda.

Mais Recentes da CNN