Covid-19: RJ distribui 495 mil doses de vacina para 86 municípios neste sábado

Entrega é feita de helicóptero, que parte de Niterói, onde fica o depósito do estado

Fila de vacinação no Rio de Janeiro, em 23/04/2021
Fila de vacinação no Rio de Janeiro, em 23/04/2021 Foto: CNN Brasil

Stéfano Sallesda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O estado Rio de Janeiro distribui neste sábado (18) mais 495,2 mil doses de vacinas contra a Covid-19 aos municípios. São parte das remessas que chegaram ao estado na quarta e na quinta-feira e serão remetidas para 86 das 92 cidades do estado. A capital, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Volta Redonda retiraram suas cargas na véspera.

A distribuição é feita por helicóptero, que parte de Niterói, cidade da Região Metropolitana, onde fica a Coordenação Geral de Armazenagem da Secretaria de Estado de Saúde (CGA/SES). Ao todo, são 325,2 mil doses do imunizante da Pfizer, para primeira e segunda doses, e 170 mil de Oxford/AstraZeneca, para segunda aplicação.

Na sexta-feira (17), a SES divulgou um posicionamento favorável à continuidade da vacinação em adolescentes, após o Ministério da Saúde ter publicado, na véspera, uma nota informativa na qual retrocedia sobre a vacinação de pessoas com 12 a 17 anos sem comorbidades. O órgão federal deixou de recomendar a imunização deste público com a vacina da Pfizer, a única liberada para ele por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A agência, no entanto, não mudou de entendimento e manteve a recomendação para que os adolescentes sejam vacinados. No entanto, as cidades têm se dividido diante dos posicionamentos diferentes, e pelo menos municípios suspenderam a imunização deste público. A capital defende a continuidade, mas não tinha até então doses do imunizante da Pfizer para dar sequência à campanha.

Neste sábado, a cidade do Rio de Janeiro vacina apenas pessoas com 20 anos ou mais e aplica dose de reforço para idosos com 90 anos ou mais, além pacientes com alto grau de imunossupressão a partir de 60 anos, gestantes, puérperas, lactantes e pessoas com deficiência a partir dos 12 anos.

O município informou ainda ter retirado na manhã deste sábado uma nova remessa de Coronavac, o que permitirá a retomada da aplicação da segunda dose já a partir de segunda-feira (20).

Mais Recentes da CNN