Criticada em 2018 por formato, identidade visual da Cinemateca é retomada

Logo criado em 1954 foi recolocado na fachada da Cinemateca três anos após críticas de ex-gestora

Tradicional logo da Cinemateca foi criticado por parecer com um órgão genital
Tradicional logo da Cinemateca foi criticado por parecer com um órgão genital Sociedade Amigos da Cinemateca/ Divulgação

Matheus Meirellesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A identidade original da Cinemateca foi retomada 3 anos após a troca. O letreiro com o logo antigo foi acrescentado à fachada do prédio matriz na Vila Clementino, na zona Sul de São Paulo.

A identidade visual foi criada pelo designer gráfico brasileiro Alexandre Wollmer em 1954. O logo foi usado inicialmente pela Filmoteca do Museu de Arte Moderna de São Paulo, que se tornou posteriormente a Cinemateca.

Em 2018, a Acerp, Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto, decidiu mudar o logotipo, dizendo que o formato era parecido com o órgão genital masculino.

O retorno à identidade original faz parte das negociações com o Governo Federal e a Secretaria Especial de Cultura para que a gestão emergencial da Cinemateca seja assumida pela SAC, Sociedade Amigos da Cinemateca.

Os documentos já foram enviados pela entidade e a expectativa é que assuma a gestão no dia 15 de outubro. O contrato emergencial tem duração de 3 meses.

A expectativa é que uma nova Organização Social assuma a gestão da Cinemateca em janeiro de 2022.

Mais Recentes da CNN