Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cúpula da PF visita delegado baleado na cabeça em São Paulo

    Diretor-geral, diretor de combate à corrupção, superintendente de SP presidentes da ADPF e Fenadepol estiveram no hospital Sírio-Libanês

    Cúpula da Polícia Federal (PF) visita delegado baleado na cabeça durante operação no litoral paulista
    Cúpula da Polícia Federal (PF) visita delegado baleado na cabeça durante operação no litoral paulista Divulgação/Fenadepol

    Elijonas Maiada CNN

    em Brasília

    A cúpula da Polícia Federal (PF) esteve em São Paulo nesta semana e visitou o delegado Thiago Selling da Cunha, que foi vítima de uma bala na cabeça durante uma operação em Guarujá, no litoral paulista.

    O investigador está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio-Libanês e apresenta melhoras no quadro de saúde, segundo amigos dele que relataram à CNN.

    A visita foi feita na terça-feira (22) pelo diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues; o diretor de Combate ao Crime Organizado, Ricardo Saadi; o superintendente da PF em São Paulo, Rogério Giampaoli; e os presidentes da Associação Nacional dos Delegados de PF (ADPF), Luciano Leiro; e da Federação Nacional dos Delegados de PF (Fenadepol), Tania Prado.

    Não foram feitas imagens da visita dentro da UTI para preservar a família do delegado.

    Segundo a delegada Tania Prado, que também é diretora da ADPF em São Paulo, a ida ao hospital teve como intenção “prestar solidariedade à esposa do delegado e a ele”.

    “As entidades reiteram o grande apoio dado pela Polícia Federal no caso, inclusive a transferência para o Hospital Sírio-Libanês. Os delegados continuam em orações e pensamentos positivos para a recuperação de Thiago”, declararam em nota a ADPF e a Fenadepol.

    O delegado da PF Thiago Selling da Cunha, 40 anos, foi baleado na cabeça durante uma operação na comunidade da Vila Zilda, em Guarujá, no litoral de São Paulo, no dia 15 deste mês. Ele foi encaminhado para um hospital da região e depois transferido para a capital paulista

    Selling foi alvo durante cumprimento de mandados de busca e apreensão numa operação contra tráfico de drogas. A PF prendeu dois suspeitos e apreendeu uma submetralhadora, uma pistola, dinheiro e drogas.

    Segundo pessoas próximas a ele, Selling “tem apresentado melhoras todos os dias”, mas ainda não há previsão de alta.