Defesa da neta de Flordelis pede concessão de prisão domiciliar à Justiça

De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do RJ, Rayane dos Santos participou do plano para matar o pastor Anderson do Carmo

Deputada Flordelis durante pronunciamento sobre Projeto Pauta Feminina "Março Mulheres"
Deputada Flordelis durante pronunciamento sobre Projeto Pauta Feminina "Março Mulheres" Foto: Roque de Sá - 13.mar.2019 / Agência Senado

Lucas Janone*, da CNN, no Rio

Ouvir notícia

A defesa de Rayane dos Santos Oliveira, neta da deputada federal Flordelis dos Santos, entrou com um pedido de prisão domiciliar nesta quarta-feira (9) na 3° Vara Criminal de Niterói. 

A petição dos advogados da neta se baseia no princípio da proteção integral à criança. A juíza Nearis Dos Santos Carvalho ainda está no prazo para decidir se acatará a decisão.

Leia mais:
Eleição na Câmara atrasa reforma administrativa e dá sobrevida a Flordelis
Flordelis presidiu culto dias após denúncia por homicídio

Outro motivo alegado pela defesa no pedido de prisão domiciliar é que Rayane dos Santos tem dois filhos, sendo uma criança de cinco meses e em fase de amamentação. 

A neta de Flordelis foi presa no apartamento funcional de Flordelis no Distrito Federal. O marido de Rayane, Luiz Felipe da Silva, é funcionário do gabinete da deputada.

De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do RJ, Rayane dos Santos participou do plano para matar o pastor Anderson do Carmo em junho de 2019. Ela foi indiciada pelos crimes de associação criminosa e homicídio.

(* Com supervisão de Thayana Araujo)

Mais Recentes da CNN