Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Democratização digital torna internet “mais saudável”, diz Fabio Coelho, presidente do Google Brasil

    Executivo participou do CNN Talks, evento promovido pela CNN e pelo Google em São Paulo, nesta sexta-feira (11), com outros líderes do setor de produção e distribuição

    Letícia Britoda CNN

    Em São Paulo

    Como ser relevante? Como construir e entregar conteúdo que, de fato, converse com as pessoas? Que modelos de monetização e formatos publicitários esta segmentação narrativa pede? Qual capacidade de entrega da nossa indústria?

    Com essas provocações, a CNN Brasil e o Google promoveram, nesta sexta-feira (11), o CNN Talks. O evento, realizado na zona sul de São Paulo, reuniu cerca de 150 lideranças do mercado e promoveu discussões sobre criação e distribuição de conteúdo com relevância e credibilidade.

    Um dos painéis do evento discutiu os desafios da distribuição de conteúdo, em diferentes formatos, para as diferentes realidades do público brasileiro.

    “Mais ou menos desde 2005, 2007, enfrentamos diferentes ondas de democratização. A primeira, a democratização do acesso. Isso aconteceu com o telefone celular, que explodiu com o smartphone”, disse Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, um dos painelistas.

    O painel contou com representantes da Samsung, Deloitte, CNN Brasil, além do próprio Coelho, do Google. A mediação foi feita por Marcio Gomes, âncora da CNN.

    “Depois, tivemos a democratização da mídia, de se descobrir que é possível não apenas consumir, mas produzir conteúdo de qualidade. E isso pode ser visto como complementar ou uma banalização. O fato é que esse movimento mudou muita coisa”, continuou.

    Coelho ainda destacou a relação da inclusão digital com a economia, estimulando a entrada de novos mercados e o surgimento de novos ambientes de negócios.

    “Uma terceira onda de democratização é a capacidade de entender que, se há um monte de gente conectada e problemas pra resolver, você cria uma geração de empreendedores”, complementou.

    “Temos, com isso, um ambiente muito saudável de startups. No Google Brasil, aceleramos 300 startups no ambiente de São Paulo nos últimos anos”, afirmou Coelho.

    “Ainda temos a democratização do acesso ao sistema financeiro, essa em andamento. O Pix foi um ótimo passo, hoje qualquer pessoa pode fazer uma transferência automática. Antes, dependeria de boletos, cheques, outros que não se adequam a todas as realidades”, complementou.

    Fabio Coelho terminou sua fala destacando a importância de termos uma sociedade mais presente nas redes. Com pessoas de diferentes realidades e em diferentes processos de digitalização, porém, todas incluídas em algum grau.

    “Você traz para dentro das redes uma sociedade mais saudável. Um pouco mais caótica por definição, porque você tem mais gente no jogo, mas mais saudável. As discussões vêm com a entrada da sociedade nas redes”, finaliza.