Denúncia de Roberto Jefferson, termelétricas e mais da noite de 30 de agosto

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Denúncia da Procuradora-geral da República contra Roberto Jefferson, afastamento de Sérgio Nascimento de Camargo, crescimento da mineração no Brasil, retirada de tropas do Afeganistão e mais da noite desta segunda-feira, 30 de agosto.

Roberto Jefferson

A Procuradoria-Geral da República denunciou o ex-deputado federal Roberto Jefferson, que também é presidente do PTB, por incitação ao crime e por homofobia. A PGR detalha uma série de entrevistas nas quais Roberto Jefferson estimulou a população a invadir o Congresso e a atacar instituições, como o Supremo Tribunal Federal.

Afastamento

O Ministério Público do Trabalho (MPT) pediu afastamento imediato do presidente da Fundação Palmares, Sérgio Nascimento de Camargo, por assédio moral. A investigação concluiu que Sérgio é responsável por perseguição política, ideológica, discriminação e tratamento desrespeitoso.

Crescimento da mineração

A área ocupada pela mineração no Brasil cresceu seis vezes em 35 anos. O levantamento é do Mapbiomas e ainda revela que a atividade do garimpo superou a área dominada pela mineração industrial, em 2020.

Termelétricas

O BNDES vai deixar de financiar termelétricas a carvão mineral, a partir de setembro. A decisão segue uma tendência mundial de benefício às energias renováveis, mas acontece durante a pior crise hídrica enfrentada pelo país nos últimos 91 anos.

Tropas no Afeganistão

Os Estados Unidos concluíram a retirada de tropas militares e de aliados no Afeganistão. O prazo para a saída de estrangeiros dado pelo Talibã termina nesta terça, e o conselho de segurança da ONU aprovou uma resolução para criar uma ”passagem segura” para civis que querem deixar o país.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN