Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Deslizamento de terra no Paraná atinge ao menos 15 veículos e deixa dois mortos

    Rodovia BR-376, em Guaratuba, está interditada desde às 19h de segunda-feira (28), sem previsão de liberação

    Giulia AlecrimIara Maggionida CNN

    As fortes chuvas que atingem o estado do Paraná desde o último sábado (26) causaram um deslizamento de terra na rodovia BR-376, altura do km 669 em Guaratuba, litoral do estado, na noite desta segunda-feira (28).

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou duas mortes. Seis vítimas foram resgatadas com vida, e não há confirmações sobre eventuais desaparecidos.

    Ao menos cinco caminhões e dez carros foram arrastados pela lama para fora da pista e ficaram soterrados.

    Entre os veículos atingidos, está o do prefeito de Guaratuba, Roberto Justus, que informou numa rede social que só estava vivo por “um livramento de Deus”.

    “A hora que o carro virou a gente quebrou o vidro, saiu correndo, com medo que viesse mais terra pra cima da gente, saímos correndo no meio da pista (…) estamos bem, mas muito preocupados com as pessoas que estão lá”.

    A rodovia está bloqueada nos dois sentidos e sem previsão de liberação. Há grande dificuldade de acesso e também para a realização do serviço de retirada de terra, pois o solo está muito molhado e a chuva continua na região.

    Equipes dos Bombeiros, Defesa Civil e Polícia Rodoviária do Paraná trabalham em conjunto no resgate, que continua em andamento.

    Os bombeiros de Santa Catarina também auxiliam no resgate com o fornecimento de cães de busca, helicóptero e 35 homens. Ao todo, são 89 bombeiros atuando no local.

    A Secretaria de Segurança Pública do Paraná colocou à disposição números de telefone para quem busca informações sobre familiares que podem ter sido vítimas da tragédia. Os números são 0800-282-8082 e (41) 3361-7242.

    De acordo com a concessionária Arteris Sul, os motoristas não devem seguir pela rota, e como alternativa deverão utilizar a BR-116 e BR-470.

    Nas últimas 72 horas, o acumulado de chuva já ultrapassou 200mm em alguns pontos da região.

    As fortes chuvas também causaram deslizamento na rodovia BR-277, que liga Curitiba ao litoral paranaense, e na estrada da Graciosa, que também faz essa ligação. A estrada da Graciosa está totalmente interditada para o tráfego e a BR-277 segue bloqueada no sentido das praias.

    Para essa terça-feira (29), continua o alerta para grande perigo de tempestade no litoral de Santa Catarina e do Paraná. Há ainda alerta de perigo ou perigo potencial de chuva em outros 22 estados.