Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Discurso de ódio nas redes sociais repete padrão de preconceitos da sociedade

    Da CNN, São Paulo

    Liz tem 22 anos e trabalha como criadora de conteúdo sobre veganismo para as redes sociais. Quando questionada sobre o ambiente que a internet oferece às mulheres, é taxativa: “Independente do assunto, do nicho, do formato ou da rede social, a internet é um ambiente hostil para mulheres”. Liz não está sozinha, e existem números que embasam o argumento dela.

    A Safernet, uma associação que desde 2005 trabalha para promoção da segurança digital no Brasil, já recebeu mais de 2,5 milhões de denúncias relacionadas a crimes de ódio na internet. A partir dessas denúncias, traçou um perfil dos odiados e percebeu que eles têm cor e gênero bem definidos. Cerca de 59,7% das vítimas desses discursos de ódio são pessoas negras, e 67% são mulheres. Outras minorias, como pessoas LGBTQ+ e indígenas, também figuram nas estatísticas.

    “É exatamente o que acontece offline. No momento em que uma mulher se posiciona, fala mais, se mostra como alguém que tem domínio de um assunto, já acontece algum tipo de ofensa”, defende Liz. Afinal de contas, os odiados das redes sociais podem ser os mesmos que já são odiados fora delas?

    É isso que Luciana Barreto procura responder neste episódio do Entre Vozes. Ao lado da escritora e professora Lola Aronovich, uma das vozes mais potentes no combate à misoginia na internet, Luciana investiga como esses discursos tornam-se cada vez mais difusos e fala dos limites da liberdade de expressão no ambiente digital. Também participa da conversa Juliana Cunha, psicóloga e diretora da Safernet, que ajuda a desvendar também quem são os odiadores das redes e as falhas na legislação que deveria coibir esses crimes.

    Conheça os podcasts da CNN Brasil:

    CNN Mundo

    Entre Vozes

    5 Fatos

    E Tem Mais

    Abertura de Mercado

    Horário de Brasília

    Na Palma da Mari

    O Que Eu Faço?

    Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

    Podcast Entre Vozes, com Luciana Barreto
    Podcast Entre Vozes, com Luciana Barreto
    Foto: Arte CNN Brasil