Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Distrito Federal registra a maior temperatura para dezembro em 62 anos, diz Inmet

    Estação meteorológica em Águas Emendadas marcou 35,2 graus no último sábado (9)

    Distrito Federal registrou recorde de calor para dezembro
    Distrito Federal registrou recorde de calor para dezembro Antônio Cruz/Agência Brasil

    Fábio Munhozda CNN Em São Paulo

    O Distrito Federal registrou no último sábado (9) a maior temperatura para o mês de dezembro desde 1961, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

    A temperatura registrada no sábado foi de 35,2 graus. A medição foi feita na estação meteorológica em Águas Emendadas, localizada em Planaltina (DF).

    Até então, a última temperatura mais alta no mês no Distrito Federal foi de 33,7 graus, registrada na estação do Sudoeste no dia 10 de dezembro de 1963 e também no dia dia 6 de dezembro de 2002 na estação de Roncador, que foi desativada em 2017.

    Onda de calor

    O Inmet prevê uma onda de calor a partir desta quinta-feira (14) até domingo em partes do Tocantins, Rondônia, Maranhão, Piauí, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso e em toda a área dos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás e no Distrito Federal.

    De acordo com o instituto, as temperaturas máximas deverão ficar cinco graus acima da média por um período de três a cinco dias consecutivos.

    Segundo o Inmet, será a nona onda de calor somente neste ano, com temperaturas podendo passar de 40 graus em algumas partes do país até o fim de semana.

    Nesta terça-feira (12), até as 15h, a temperatura máxima no país foi registrada na cidade de Jaguaribe (CE): 40,3 graus.

    Possibilidade de chuvas

    Ainda conforme o Inmet, há precisão de tempestade em partes do Rio Grande do Sul na próxima quarta-feira (13).

    O estado está com aviso amarelo (perigo potencial), com o volume de chuva podendo chegar a 50 milímetros em 24 horas, ventos de até 60 km/h e queda de granizo.