Enem 2021 mantém tradição dos últimos anos com temas sociais no 1º dia de prova

Para especialista ouvido pela CNN, independência do Inep, responsável pelo exame, resiste; prova apresentou temas como racismo, emancipação da mulher, invisibilidade social e realidade carcerária

Enem 2021: este domingo (21) foi 1º dia de provas
Enem 2021: este domingo (21) foi 1º dia de provas ISAAC FONTANA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Rodrigo Maiada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste domingo (21) manteve a tradição dos conteúdos dos últimos anos. A prova apresentou aos estudantes algumas reflexões sobre assuntos como racismo, escravidão, emancipação da mulher, invisibilidade social e realidade carcerária do Brasil.

Neste primeiro dia de prova, foram 90 questões de múltipla escolha, divididas entre linguagens e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. O exame também solicitou aos estudantes a “temida” redação, cujo tema foi: “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”.

Segundo o professor Rudney Sorares, diretor-geral do Colégio Companhia de Maria e Doutor em Língua Portuguesa, o tema escolhido pelo Inep — órgão responsável pela aplicação do Enem — “demonstra que a independência do órgão público resiste, apesar das notícias de ingerência”.

Ainda de acordo com o especialista, o Enem “exigiu dos candidatos a capacidade de identificar problemas sociais decorrentes da falta de registros sociais”. “Na minha avaliação, é uma oportunidade importante de reflexão sobre a invisibilidade a que cidadãos menos favorecidos e/ou marginalizados, socialmente são submetidos no dia a dia de um país tão desigual como o nosso.”

Após alguns dias de tensão política em torno da prova, com denúncias contra a administração do Inep e relatos de supostas interferências do governo no conteúdo, o Enem 2021 não modificou suas características históricas de conteúdo. Os alunos precisaram, por exemplo, analisar trechos das músicas “Admirável Gado Novo”, de Zé Ramalho; “Comportamento Geral”, de Gonzaguinha; e “Sinhá”, de Chico Buarque.

“Acho que fui bem na redação por mais que o tema seja mais complicado. Achei as questões de geografia mais fáceis por serem objetivas e por abordarem questões atuais. Sobre a questão que citava a música do Zé Ramalho, eu gostei por conhecer a música antes”, comentou à CNN a estudante Maria Júlia Cardoso, 17 anos, que realizou a prova hoje.

No caso da canção de Zé Ramalho, foi pedido aos estudantes para estabelecer uma relação entre um trecho que fala sobre a “vida de gado” com o contexto em que a música foi lançada. Vale lembrar que essa composição é de 1979, período em que o Brasil viveu o regime militar.

Confira algumas das temáticas abordadas no Enem 2021, de acordo com os alunos que realizaram o exame:

• emancipação feminina;
• escravidão;
• racismo;
• vida indígena;
• cidadania;
• realidade carcerária do Brasil.

A prova ainda abordou temas da história contemporânea. Foram duas questões sobre o ex-presidente Getúlio Vargas. Para Claudia Zuppini Dalcorso, doutora em educação e Sócia Fundadora Elos Educacional, “esses temas abordados demonstram uma preocupação com uma pauta social muito pertinente e importante. Acredito que, por ter trazido questões deste tipo, podemos dizer que o Inep não deixou se influenciar por ideologias extremistas.”

O cenário de pandemia vivido pelo país há quase dois anos, que impactou severamente a sociedade e a economia, não foi abordado. “É possível perceber um certo recuo em temas políticos e polêmicos, assim como a ausência de discussão sobre temas atuais, como a pandemia da Covid-19”, afirma Marília Oliveira Silva, psicóloga, educadora e pós-graduada em neurociências aplicada à educação.

Para o professor do Instituto Federal do Rio Grande do Sul e doutor em Educação, Gregório Grisa, “o conjunto de questões abordadas são coerentes com o histórico do exame. A temática da redação é muito pertinente, pois o registro civil é um direito fundamental. A prova preserva a qualidade e a seriedade e a segurança do trabalho dos servidores efetivos do Inep”.

O segundo dia de prova do Enem acontece no próximo domingo (28). Os estudantes precisarão responder a 90 questões de múltipla escolha de Ciências da Natureza e Matemática. As provas vão começar às 13h30, mas, como não terá a redação, vão se encerrar às 18h30.

Mais Recentes da CNN