Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Estados do Sudeste estão em alerta vermelho pelo risco de temporais

    Goiás, no Centro-Oeste, também está em alerta para chuvas fortes, diz o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)

    Cidade de Natividade, no estado do Rio de Janeiro
    Cidade de Natividade, no estado do Rio de Janeiro Divulgação

    Camille CoutoThayana Araújoda CNN

    No Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, no Sudeste, além de Goiás, no Centro-Oeste, continuam em alerta vermelho devido ao risco de temporais, que podem provocar deslizamento de encostas, alagamentos e transbordamentos de rios, segundo divulgou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta terça-feira (11).

    De acordo com dados divulgados pela Defesa Civil estadual do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (11), subiu de 1.200 para 3.095 o número de pessoas desalojadas e de 300 para 348 os casos de desabrigadas.

    O município de Natividade, na região noroeste do estado do Rio, decretou situação de emergência. Casas foram invadidas pela lama e os prejuízos ainda são contabilizados.

    Em Teresópolis, na Região Serrana, um carro foi atingido por um deslizamento de terra, deixando duas pessoas levemente feridas.

    O acidente aconteceu no Vale da Revolta, no km 84 da Rodovia Rio-Bahia (BR-116/RJ), na noite de segunda-feira (10).

    As vítimas foram atendidas pelos bombeiros e liberadas. Técnicos da Defesa Civil estão no local avaliando as condições no trecho.

    “Retiramos as 8 famílias preventivamente do entorno do deslizamento e retornamos ao Vale da Revolta para a continuidade das vistorias técnicas e acompanhamento das ações da CRT para liberação das pistas”, informou o coronel Albert Andrade, secretário municipal de Defesa Civil de Teresópolis.

    A rodovia segue interditada na manhã desta terça-feira, entre o km 83 (Meudon) e o km 89 (Soberbo), e o trânsito é desviado pela Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal.

    Equipes da Concessionária Rio-Teresópolis (CRT) efetuam a limpeza das pistas, mas, devido à continuidade das chuvas, não há previsão para liberação do tráfego.

    A previsão é de chuva moderada a muito forte ao longo do dia, com possibilidade de alagamentos, inundações e enxurradas em todo o Rio de Janeiro, em especial nas regiões Serrana, Noroeste e Norte.

    As áreas na divisa com Minas seguem em atenção por conta do transbordo do Rio Muriaé, nos municípios de Patrocínio do Muriaé (MG), Carangola (MG), Porciúncula (RJ) e Cardoso Moreira (RJ).

    Entre sábado (8) e a segunda-feira (10), o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro recebeu mais 200 ocorrências relacionadas às chuvas no estado, sem fatalidades.

    Mais Recentes da CNN