Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fim de abril deve ter onda de calor e massa de ar frio na região sul do Brasil

    Últimos dias do mês serão marcados por eventos extremos, além de sobe e desce das temperaturas

    Fim de abril deve ter onda de calor e massa de ar frio na região sul do Brasil
    Fim de abril deve ter onda de calor e massa de ar frio na região sul do Brasil Inmet/Noaa

    Rafael Villarroelda CNN*

    O fim do mês de abril deve ser marcado por uma massa de ar quente e seco, além de uma massa de ar frio, que ocorrerão juntas e ganham força em áreas das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil, até o próximo sábado (27).

    Além disso, as temperaturas devem variar em meio às chuvas frequentes, que irão mexer com o tempo nos próximos dias.

    Neste mês de abril, choveu frequentemente em partes da região, especialmente sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, entretanto o Paraná vive um cenário distinto com maior predomínio de dias secos.

    Essa distribuição das chuvas no Sul do Brasil ganhou maiores proporções nos últimos 7 dias, onde volumes elevados atingiram a faixa oeste desde Quaraí (RS) até Planalto (PR), chovendo cerca de 96 milímetros em Planalto, no sudoeste paranaense nos últimos 2 dias segundo o Inmet, porém grande parte do estado continuou completamente seco.

    Nos próximos dias, o cenário pouco deve mudar na região, que ainda pode enfrentar por um lado até eventos extremos de precipitação com a chegada de uma nova frente fria, em especial no Rio Grande do Sul, mas que ainda deve registrar na outra ponta dias secos e muito quentes, em especial no centro, oeste e norte paranaense.

    Até a próxima segunda-feira (29), no penúltimo dia de abril, são esperados quase 175 milímetros de chuva em diversas cidades gaúchas, que tende a se intensificar entre a sexta-feira (26) e o final de semana com a formação de novo sistema frontal a partir de duas áreas de baixa pressão atmosférica.

    Onda de calor

    Esta nova onda de calor que atinge a região Centro-Oeste, Sudeste e Sul do país nesta última semana de abril está relacionada à atuação de um sistema de alta pressão na média atmosfera.

    A alta pressão funcionará como um bloqueio atmosférico. Conforme o Climatempo, o sistema favorece a manutenção do ar seco e quente, provocando as altas temperaturas.

    Além disso, a falta de uma massa de ar frio mantém o domínio do ar quente sobre grande parte do país.