Fiscais são hostilizados e expulsos de bar no interior de SP

Caso aconteceu em Ribeirão Preto (SP), na noite de sexta (4)

Gabriel Passeri e Evelyne Lorenzetti, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia
Fiscais são hostilizados e expulsos de bar no interior de SP (05.set.2020)
 
Foto: Reprodução/CNN

Fiscais da prefeitura de Ribeirão Preto foram hostilizados na última sexta-feira (4) por clientes de um bar que funcionava, segundo a gestão municipal, com diversas irregularidades como música ao vivo, aglomeração de pessoas e mesas nas calçadas. Os oficiais foram insultados e não conseguiram autuar o estabelecimento.

“É um serviço de gente vagabunda”, gritava um dos clientes ao condenar a atuação dos fiscais. “Vocês estão f** a vida do trabalhador”, repetiam os agressores ao baterem repetidamente no próprio peito e nas mesas. Intimidados, os agentes deixaram o estabelecimento sob ofensas e ainda tiveram o carro cercado.

A Prefeitura de Ribeirão Preto informou que o estabelecimento será autuado pela Fiscalização Geral da Prefeitura pelas infrações cometidas e por impedir a ação da fiscalização. “O caso também será encaminhado ao Ministério Público Estadual para que sejam tomadas as medidas legais”, afirma o comunicado.

Leia também:

Cinco regiões avançam no Plano SP; 95% da população está na fase amarela

Bares do Rio de Janeiro têm aglomeração e pessoas sem máscara

Wesley Rios, proprietário do bar, contou à CNN que os agentes chegaram a preencher uma multa, mas foi rasgada pelos clientes mais exaltados. Ele reafirma que o estabelecimento respeitava os protocolos do Plano São Paulo no momento da abordagem.

Por meio de nota, o estabelecimento lamentou o ocorrido entre os clientes e os fiscais. “Ainda assim, os sócios – proprietários do Boteco Brasukis, pedem desculpas a toda a sociedade e aos demais Poderes envolvidos e se compromete a ampliar esforços no sentido de evitar, não só aglomerações, como qualquer comportamento que desrespeite as medidas sanitárias”. O comunicado ainda afirmou que o bar está cumprindo com as medidas de distanciamento e estão sendo rígidos com os clientes.

As redes sociais dos principais intimidadores são repletas de postagens contra o Plano SP e o governador João Doria. Eles se posicionam contra as medidas de isolamento social e um deles, inclusive, desafia os fiscais a fecharem seu estabelecimento, uma academia de Ribeirão Preto. 

O município acaba de regredir à fase laranja do plano estadual de retomada da economia. Ribeirão contém 22.599 casos de Covid-19, além de 599 mortes pela doença.

(Edição: Amauri Arrais)

 

Mais Recentes da CNN