Fiscalização encerra dois eventos irregulares no Rio no domingo (13)

Capital fluminense registrou mais de 44 infrações sanitárias durante fim de semana

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) interromperam na madrugada deste domingo (13) dois eventos irregulares na cidade do Rio de Janeiro, após receberem denúncia de aglomeração nos locais. O decreto municipal da prefeitura estabelece que o funcionamento de boates e salões de festas segue proibido até pelo menos o dia 28 de junho.

A festa interditada em Vista Alegre, Zona Norte da capital, registrou um público de 400 pessoas. De acordo com a prefeitura, a maior parte do público presente no evento não utilizava máscara de proteção facial. O estabelecimento foi interditado pela Vigilância Sanitária.

Em Madureira, na Zona Norte, os agentes flagraram outra festa com mais de 250 pessoas aglomeradas. O local não possuía distanciamento entre as mesas e funcionamento de pista de dança. O estabelecimento também foi interditado e todo o público presente foi retirado do estabelecimento.

No sábado (12), o bairro de Madureira já havia registrado outra festa clandestina. Uma boate na região promoveu uma aglomeração de 150 pessoas. O estabelecimento também foi interditado e o todo o público presente foi retirado do local.

Agentes da prefeitura flagraram, entre sábado (12) e a madrugada deste domingo (13), 44 infrações sanitárias. As multas foram aplicadas a pessoas flagradas sem máscara de proteção facial e a bares por descumprimento das determinações previstas no decreto municipal contra o novo coronavírus.

Mais Recentes da CNN