Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Frente fria deve provocar chuvas volumosas no Rio Grande do Sul neste fim de semana

    Fim de semana será marcado por baixas temperaturas; enchentes já deixaram 136 pessoas mortas e 444 municípios seguem afetados

    Ruas alagadas em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul
    Ruas alagadas em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul 07/05/2024REUTERS/Diego Vara

    Julia Fariasda CNN*

    As chuvas no Rio Grande do Sul se intensificam e voltam a cair volumosas neste final de semana, de acordo com informações do Climatempo. Entre este sábado (11) e o domingo (12) a previsão é de que a passagem de uma frente fria reforce as nuvens carregadas sobre o estado gaúcho.

    Além disso, outra baixa pressão atmosférica cresce no litoral gaúcho e o impacto entre o ar quente e úmido e o ar frio que vem com a frente fria auxiliará a formar mais nuvens carregadas. Já na serra gaúcha, o Climatempo afirma que a chuva será menor no fim de semana, com acumulados diários abaixo dos 100 mm.

    Durante este domingo (12), a chuva deve ser ainda mais forte na Grande Porto Alegre, com acumulados que podem chegar até 80 mm. As baixas temperaturas que se destacam neste fim de semana se estendem até o final dessa próxima semana. Nesta próxima quinta-feira (16), a previsão é de que uma entrada de ar frio cause queda nas temperaturas, o que pode provocar geadas para a fronteira com o Uruguai.

    Nesta última sexta-feira (10), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para queda acentuada de temperaturas no Rio Grande do Sul para os próximos dias. O estado também deve enfrentar uma frente fria intensa a partir da próxima segunda-feira (13).

    O número de óbitos em decorrência das chuvas no Rio Grande do Sul aumentou para 136, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil do estado na manhã deste sábado (11). São também 756 feridos e 141 desaparecidos nos 444 municípios afetados — quase 90% das cidades gaúchas.

    *Supervisão de Ligia Tuon