‘Gosto de escrever a comédia da tolerância’, afirma Miguel Falabella

O ator, escritor e dramaturgo falou sobre impacto da pandemia no setor cultural e analisou temas como racismo e preconceito

Da CNN

Ouvir notícia

O Mundo Pós-Pandemia dessa sexta-feira (21) entrevistou o ator, diretor e dramaturgo Miguel Falabella. Ele falou sobre os impactos da pandemia do novo coronavírus no setor cultural e a importância da arte neste momento.

“Eu quero que todos recuperem seus empregos. O teatro será o último a voltar. E eu fico preocupado pelo meu povo, nós vivemos disso. Só para montar um musical são 150 pessoas”, explicou.

Ele também abordou problemas como a desigualdade social e a falta de investimento em áreas como a cultura e a educação.

Leia e assista também

‘O futebol não se esgota nas quatro linhas’, diz o jornalista Juca Kfouri

‘A arte é uma atividade essencial’, afirma a atriz Denise Fraga

‘Transformação se impõe, não é mais uma opção’, diz ministra Cármen Lúcia

“Não se pode falar de mérito no Brasil. As pessoas não têm as mesmas oportunidades. É impressionante como em 50 anos esse país abandonou a educação completamente. A ênfase no resgate à educação tem que ser falada, e qualquer pessoa pensante no Brasil tem a obrigação de lutar pela educação”.

O dramaturgo ainda abordou problemas como racismo e preconceitos e explicou seu processo criativo. “Eu gosto de escrever a comédia da tolerância. Onde todo mundo é bem vindo, todo mundo é aceito”, disse.

Miguel Falabella foi entrevistado pelas jornalistas da CNN Luciana Barreto e Thaís Herédia e a comentarista Lia Bock. O comando da atração é da âncora Daniela Lima.

A CNN está no canal 577 nas operadoras Claro/Net, Sky e Vivo. Para outras operadoras, veja aqui como assistir à CNN.

Mais Recentes da CNN