Governo do Tocantins decreta lockdown em 33 municípios

Capital Palmas não faz parte da lista de cidades que adotarão a medida contra propagação de coronavírus

Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, anuncia lockdown em 33 municípios
Governador do Tocantins, Mauro Carlesse, anuncia lockdown em 33 municípios Foto: Washington Luiz/ Governo do TO

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, determinou a suspensão total das atividades não essenciais em 33 cidades do estado, que estarão em lockdown a partir das 18h deste sábado (16). A capital Palmas não faz parte da lista de cidades que adotarão a medida.  

Os últimos boletins da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontavam crescimento vertiginoso de casos de Covid-19 nas localidades escolhidas. 

“Essa medida foi discutida, analisada e anunciada com o respaldo de todos”, destacou o governador Carlesse.

Restrições

A partir da publicação de decreto determinando o lockdown, fica proibida a circulação de pessoas nos respectivos municípios, exceto para serviços essenciais, com a apresentação de documento de identificação oficial com foto, sendo obrigatório o uso de máscara de proteção facial; deslocamento a hospitais, supermercados, farmácias ou estabelecimentos que se enquadrem como essenciais; comparecimento ao trabalho, desde que no local sejam realizadas atividades consideradas essenciais.

Leia também:

Brasil bate recorde de novos casos de Covid-19; mortes chegam a 14.817

Também estão proibidas a realização de visitas ou reuniões, públicas ou privadas, inclusive de pessoas da mesma família que não morem na mesma residência. A realização de atividades religiosas presenciais também será proibida.

Para garantir o cumprimento das ações de fiscalização, os prefeitos de cada município contarão com suporte da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e a Secretaria Estadual de Segurança Pública. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), juntamente com os órgãos municipais de trânsito, poderão fiscalizar a circulação dos veículos através de blitzes nas vias públicas dos municípios abrangidos pelo decreto.

Municípios abrangidos

O decreto envolve 33 municípios tocantinenses: Aguiarnópolis; Ananás; Angico; Aragominas; Araguaína; Araguatins; Augustinópolis; Axixá do Tocantins; Buriti do Tocantins; Cachoeirinha; Cariri do Tocantins; Carrasco Bonito; Colinas do Tocantins; Darcinópolis; Esperantina; Guaraí; Itaguatins; Luzinópolis;  Maurilândia do Tocantins;  Nazaré; Nova Olinda; Palmeiras do Tocantins; Praia Norte; Riachinho;  Sampaio; Santa Terezinha do Tocantins; São Bento do Tocantins; São Miguel do Tocantins; São Sebastião do Tocantins; Sítio Novo do Tocantins;   Tocantinópolis; Wanderlândia;  Xambioá.

Tópicos

Mais Recentes da CNN