Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Greve em SP: ônibus deverão funcionar normalmente, diz governo do Estado

    Linhas municipais terão trajetos ampliados para conseguir atender a um maior número de passageiros, informa a SPTrans

    Ônibus da SPTrans não deverão ter operação alterada por causa da greve em São Paulo
    Ônibus da SPTrans não deverão ter operação alterada por causa da greve em São Paulo Rovena Rosa/Agência Brasil

    Fábio Munhozda CNN

    Em São Paulo

    A paralisação programada por movimentos sindicais para o metrô e os trens em São Paulo para esta terça-feira (28) não deverá afetar a operação dos ônibus municipais e intermunicipais, segundo informou o governo do Estado nesta segunda (27).

    De acordo com a Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a SPTrans e a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) –responsável pelas linhas intermunicipais– organizaram um “esquema especial para manter a frota total durante todo o dia a fim de minimizar os transtornos causados à população”.

    “A EMTU intensificará a operação em mais de 30 linhas em pontos estratégicos durante a greve do Metrô e CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos], além de acompanhar a operação em tempo real e reforçar a frota e as viagens das linhas integradas às estações”, acrescenta a pasta.

    A SPTrans também informou que irá reforçar a operação. Segundo a empresa, a operação regular conta com 11.934 veículos. Para amanhã, no entanto, a operação terá 12.134 ônibus –200 a mais.

    A greve de amanhã deverá afetar as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata do metrô e 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM. As linhas 4-Amarela e 5-Lilás do metrô e 8-Diamante e 9-Esmeralda do trem são operadas pela iniciativa privada e não devem sofrer alterações em seu funcionamento.

    Mudanças em trajetos das linhas municipais

    A SPTrans informa que irá ampliar os trajetos das linhas municipais que encerram as viagens em estações de metrô que não irão funcionar. O objetivo é permitir que os passageiros consigam chegar mais perto da região central ou de locais com maior concentração de comércio e serviços.

    Linhas que serão estendidas da estação do Metrô Corinthians-Itaquera até o Metrô Tatuapé:

    • 2703/10 Jd. Etelvina – Metrô Itaquera
    • 2703/21 Jd. Etelvina – Metrô Itaquera
    • 2703/22 Jd. Gianetti – Metrô Itaquera
    • 2707/10 Chabilândia – Metrô Itaquera
    • 2707/31 Chabilândia – Metrô Itaquera
    • 2721/10 Jd. Nazaré – Metrô Itaquera
    • 2733/10 Pq. Guarani – Metrô Itaquera
    • 2734/10 Jd. Campos – Metrô Itaquera
    • 3732/10 CPTM José Bonifácio – Metrô Itaquera
    • 3741/10 CPTM D. Bosco – Metrô Itaquera
    • 374V/10 Jd. Santana – Metrô Itaquera
    • 3754/10 Inácio Monteiro – Metrô Itaquera
    • 407H/10 Jd. São Francisco – Metrô Itaquera

    Linhas que serão estendidas da Estação CPTM Guaianases até o Metrô Carrão:

    • 2004/10 Jd. Nsa. Sra. Do Caminho – CPTM Guaianases
    • 2009/10 Jd. Robru – CPTM Guaianases
    • 2059/10 São Miguel – CPTM Guaianases
    • 2202/10 Jd. Das Oliveiras – CPTM Guaianases
    • 3026/10 Vl. Iolanda II – CPTM Guaianases
    • 3064/10 Cid. Tiradentes – CPTM Guaianases

    Linhas que serão estendidas da estação Metrô Tucuruvi até o Metrô Luz:

    • 1705/10 Jd. São João – Metrô Tucuruvi
    • 1705/51 Cem. Pq. Da Cantareira – Metrô Tucuruvi
    • 1709/10 Jd. Joana D’arc – Metrô Tucuruvi
    • 1709/21 Jd. Joamar – Metrô Tucuruvi
    • 1720/21 Vila Sabrina – Metrô Tucuruvi
    • 1722/10 Jd. Marina – Metrô Tucuruvi

    Linha que será estendida entre Metrô Jardim São Paulo até Metrô Santana:

    • 178Y/10 Vila Amélia – Metrô Jardim São Paulo

    Rodízio é suspenso em São Paulo

    A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo anunciou que o rodízio municipal de veículos na capital paulista estará suspenso ao longo de todo o dia por causa da greve.

    Apesar da suspensão do rodízio, a CET informa que as faixas e corredores de ônibus continuarão funcionando normalmente de acordo com os horários estabelecidos. Também não haverá mudanças na Zona Azul.

    A CET informa que continuam valendo também as demais restrições adotadas na cidade, como a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).