Grupos prioritários para vacinação, auxílio emergencial e mais de 1º de abril

5 Fatos Manhã repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Os novos grupos prioritários para a vacinação, o reajuste nos preços de remédios e a consulta para os beneficiários do auxílio emergencial estão entre os destaques do 5 Fatos Manhã desta quinta-feira, 1º de abril de 2021.

Mortes por Covid-19

Uma em cada cinco pessoas vítimas da Covid-19 perdeu a vida em março no Brasil. É o que mostra o levantamento da CNN usando dados do Ministério da Saúde. O país fechou o mês com um novo recorde de óbitos: foram 3.869 mil mortes em 24 horas.

Vacinas

O Ministério da Saúde reduziu quase pela metade as quantidades de doses de vacina contra a Covid-19 previstas para serem entregues em abril. Serão 25,5 milhões de doses estimadas neste mês. Antes, eram 47 milhões. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atribuiu a redução a dificuldades e atrasos da Fiocruz, que produz a vacina Oxford/AstraZeneca, e o Instituto Butantan, da Coronavac.

Novos grupos prioritários

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que coloca 16 novas categorias na lista de prioridades na vacinação contra a Covid-19. Os novos grupos incluem trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e metroviário, pessoas com doenças crônicas e que já tiveram embolia pulmonar e agentes de segurança pública e privada.

Remédios mais caros

Os preços de remédios vão subir mais de 10% a partir desta quinta-feira. Os maiores aumentos serão entre medicamentos de maior competição entre as marcas. O reajuste era esperado já que as matérias-primas ficaram mais caras no exterior por causa da alta demanda provocada pela pandemia.

Auxílio emergencial 

Também a partir de hoje, trabalhadores informais vão poder confirmar se estão na lista de beneficiários do auxílio emergencial deste ano pelo portal Dataprev. O novo benefício não permite novos cadastros e apenas os que receberam a parcela de dezembro de 2020 terão direito. Os novos pagamentos serão retomados a partir da próxima terça-feira, dia 6 de abril.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN