Guarda Municipal do Rio impede festa para 200 pessoas em barco

Secretaria Municipal de Ordem Pública enviou equipe da Guarda Marítima Municipal, que interditou o píer na Urca

Por Ana Lícia Soares e Pauline Almeida, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

Fiscais da Prefeitura do Rio de Janeiro impediram uma festa ilegal na noite dessa sexta-feira (2), no bairro da Urca, Zona Sul da cidade. O evento com 200 convidados aconteceria em um barco, em um píer clandestino. 

Segundo a Secretaria Municipal de Ordem Pública, o setor de inteligência mapeou o evento e enviou ao local uma equipe da Guarda Marítima Municipal, que interditou o píer clandestino com o apoio da Capitania dos Portos. 

O ‘superferiado’ no Rio de Janeiro, criado para tentar conter a Covid-19, chegou ao nono dia neste sábado (3). Segundo o balanço atualizado da secretaria, que leva em conta os oito primeiros dias, foram registradas 8.448 autuações, uma média de 44 a cada hora. 

 Ao todo, foram aplicadas 513 multas a bares, restaurantes e ambulantes. Cem estabelecimentos foram interditados por descumprirem as determinações.

Somente nesta sexta-feira (2), a secretaria registrou 1.085 autuações, com 11 estabelecimentos fechados e 54 multas a ambulantes, restaurantes e bares. Os comboios das equipes da prefeitura percorreram bairros das zonas Norte, Sul e Oeste.  

Os órgãos municipais atuam para cumprir as determinações publicadas no Diário Oficial do município para conter a disseminação do coronavírus na capital. Entre as medidas adotadas está o fechamento dos serviços não essenciais por dez dias. O decreto é válido até este domingo (4).

Barco em que festa ilegal foi impedida no Rio
Barco estava em um píer clandestino, na Urca, no Rio
Foto: Secretaria de Ordem Pública da cidade do Rio de Janeiro

Mais Recentes da CNN