Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Homem epilético é morto em ataque de pitbull no interior de São Paulo

    Guarda civil municipal atirou contra o animal em tentativa de tirá-lo de perto da vítima

    Imagem de viatura da Polícia Militar de São Paulo
    Imagem de viatura da Polícia Militar de São Paulo Reprodução/ Twitter PMESP

    Catarina NestlehnerLetícia Cassianoda CNN*

    Um homem de 30 anos morreu na manhã deste domingo (14) após ser atacado por seu cão, na Vila Dias, em Mogi Mirim. A polícia apura se a vítima estava tendo uma crise convulsiva no momento do ataque.

    O cão era da raça pitbull e foi morto pelo vizinho, um guarda civil municipal que atirou contra o animal para tirá-lo de perto da vítima. Segundo o boletim de ocorrência, a família do homem não conseguiu chegar perto do cachorro para acabar com o ataque.

    O Samu foi acionado e constatou a morte do tutor. Seu corpo foi encaminhado ao IML e o do animal à zoonoses, para passar por exames de raiva. A arma do guarda foi apreendida e encaminhada à perícia.

    O caso foi registrado como morte suspeita pelo Plantão da Delegacia Seccional de Mogi Guaçu.

    Outros casos de ataques de pitbull ganharam destaque recentemente. Na Bahia, uma mulher lutou contra um pitbull para salvar seu cachorro caramelo.

    No Rio, a escritora e poetisa Roseana Murray, de 73 anos, foi atacada na Região dos Lagos.