Homem morre soterrado durante temporal no Rio Grande do Sul

Em Iraí, no interior do estado, 300 casas ficaram destelhadas

Tiago Abech, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Um homem de 53 anos morreu soterrado em Nova Prata, na região serrana do Rio Grande do Sul, durante temporal que atingiu a região nesta terça-feira (30).

Vanderlei Oliveria trabalhava em uma construção perto de um barranco quando houve um deslizamento, segundo os Bombeiros Voluntários de Nova Prata.

Também na serra gaúcha, a estrada que dá acesso a Nova Roma do Sul foi interditada porque o asfalto cedeu. Em Iraí, no interior do estado, 300 casas ficaram destelhadas.

Antes das ocorrências, a Defesa Civil do Rio Grande do Sul tinha emitido um alerta sobre a possível formação de um ciclone extratropical sobre o oceano atlântico que poderia causar instabilidade na costa gaúcha e em parte do interior.

A preocupação agora é com a capital gaúcha. A Defesa Civil de Porto Alegre emitiu um alerta de ocorrência de ventos entre 70 e 100 km/h durante a madrugada desta quarta-feira (1º).

Santa Catarina

Pelo menos três pessoas morreram e 1,3 milhão de casas e endereços comerciais ficaram sem energia em Santa Catarina após os temporais causados pela formação do ciclone extratropical (ciclone bomba).

Os ventos fortes derrubaram árvores e fizeram estragos em diversas regiões do estado.

Mais Recentes da CNN