Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Incêndio em abrigo de cães no ES deixa dono ferido e 12 animais mortos

    Dois cachorros foram salvos pelos Bombeiros. Cuidador fazia parte de programa da prefeitura de acolhimento de bichos abandonados e tinha cerca de 40 em casa

    Bombeiros resgatam um dos cães que foram retirados com vida de incêndio na Serra (ES)
    Bombeiros resgatam um dos cães que foram retirados com vida de incêndio na Serra (ES) Corpo de Bombeiros/ES

    Beatriz Alvesda CNN*

    A casa de um homem que abrigava cães abandonados em Serra (ES), cidade na região metropolitana de Vitória, pegou fogo na manhã deste domingo (16).

    O proprietário teve ferimentos e queimaduras por tentar entrar na residência para salvar os animais, e foi encaminhado para atendimento em hospital particular.

    O Corpo de Bombeiros, que foi acionado e atendeu a ocorrência, informou que conseguiu encontrar 12 cães mortos no local. Dois foram salvos pelas equipes.

    De acordo com a Prefeitura de Serra, o homem fazia parte de um programa do município de acolhimento de animais de rua para doação, chamado de Arca (Animais Resgatados Cuidados e Acolhidos), e abrigava mais de 40 cachorros em sua casa.

    “A guarnição iniciou o combate às chamas, que durou toda a manhã e foi finalizado apenas na parte da tarde, por conta da grande quantidade de materiais em chamas no terreno”, informou o Corpo de Bombeiros, em nota.

    A casa tinha grande quantidade de entulhos e outros materiais inflamáveis, como materiais recicláveis e lixos, que colaboraram para o avanço rápido das chamas.

    INCÊNDIO
    Escombros de incêndio em abrigo de cães na cidade da Serra (ES) / Defesa Civil/PMS (16/07/2023)

    “Foram precisos 70 mil litros de água para apagar o fogo e realizar todo o rescaldo. Quando os Bombeiros chegaram ao local, encontraram um cão vivo, que foi resgatado, além de cinco mortos. Quando realizavam o rescaldo, os militares encontraram, embaixo de uma pilha de madeira, mais sete cachorros sem vida, além de um vivo, que também foi salvo”, acrescenta o Corpo de Bombeiros.

    Tanto a prefeitura quanto a Perícia de Incêndio, que foi acionada irão fiscalizar o local e apurar o que aconteceu. O prazo para o laudo é de cerca de 40 dias.

    A residência fica no bairro de Jardim Tropical e a área está agora interditada, já que, de acordo com os Bombeiros, o incêndio pode ter afetado a estrutura física dos imóveis vizinhos.

    Concurso de fotos mais divertidas de pets em 2023 tem concorrente brasileiro

    Publicado por Juliana Elias