Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Justiça mantém prisão de acusado de divulgar fotos do corpo de Marília Mendonça

    André Felipe de Souza Pereira Alves está preso preventivamente desde abril deste ano

    A cantora Marília Mendonça durante apresentação em Belo Horizonte (MG) em 2019
    A cantora Marília Mendonça durante apresentação em Belo Horizonte (MG) em 2019 Flávio Tavares/O Tempo/Estadão Conteúdo - 07.out.2019

    Catarina Nestlehnerda CNN*

    Em São Paulo

    A 2ª Vara Criminal de Santa Maria (DF) manteve a prisão preventiva de André Felipe de Souza Pereira Alves, acusado de vazar as imagens do exame necroscópico da cantora Marília Mendonça. O acusado está preso desde abril deste ano.

    O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJ-DFT) informou que a prisão é por tempo indeterminado, podendo ser mantida ou revogada a depender do preenchimento dos critérios legais estabelecidos no Código de Processo Penal. Contudo, a corregedoria de Justiça recomenda que esse período não ultrapasse 178 dias.

    Vídeo: Especialista analisa informações do relatório do acidente de Marília Mendonça

    A CNN entrou em contato com a Defensoria Pública do Distrito Federal, que representa o réu, mas o órgão não quis se manifestar alegando que o processo é sigiloso.

    Robson Cunha, advogado da família de Marília Mendonça, disse que a defesa não vai fazer nenhuma manifestação agora para não interferir no andamento da ação. “A gente vai aguardar a conclusão desse processo para poder ter alguma manifestação”, afirmou o advogado.

    * Sob supervisão de Marcos Rosendo