Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Leilão de aeroportos do Rio, tensão no Leste Europeu e mais de 11 de fevereiro

    Confira o '5 Fatos Manhã', com as principais notícias do dia

    Fabrizio Neitzkeda CNN

    Em São Paulo

    Ouvir notícia

    O anúncio de novo leilão envolvendo os dois principais aeroportos do Rio de Janeiro – Tom Jobim e Santos Dumont – e o pedido do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para que americanos deixem a Ucrânia imediatamente estão entre os destaques do 5 Fatos da manhã de 11 de fevereiro.

    Gabinete do ódio

    Em relatório enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal (PF) afirmou que uma milícia digital que atua contra a democracia utiliza a estrutura do chamado “gabinete do ódio”. A denominação foi dada a um grupo supostamente formado por aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL), com atuação nas redes sociais. O documento foi encaminhado ao ministro Alexandre de Moraes.

    Leilão do Galeão

    O governo federal anunciou que irá realizar uma nova licitação do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o popular Galeão, no Rio de Janeiro, após a operadora responsável, a cingapurense Changi Airport, devolver a concessão do local – culpando a “má situação econômica brasileira”. A nova concorrência será feita junto com o aeroporto Santos Dumont, na região central da capital fluminense, em 2023.

    PIB de dezembro

    Na manhã desta sexta-feira (11), o Banco Central (BC) deve divulgar o índice de atividade econômica de dezembro de 2021. Considerado a prévia oficial do Produto Interno Bruto (PIB), o indicador é utilizado para avaliar o ritmo de crescimento da economia brasileira.

    Americanos na Ucrânia

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu para que norte-americanos presentes na Ucrânia deixem o país imediatamente. Em entrevista, o democrata afirmou que, diferente do Afeganistão, não enviará tropas para resgatar os cidadãos em caso de conflito e que a situação pode sair de controle rapidamente. O Leste Europeu atravessa grande tensão após o avanço de 100 mil soldados da Rússia em direção à fronteira entre os países.

    Baixa nos índices da Covid

    O Brasil registrou a maior queda na média móvel de novos casos da Covid-19 neste ano, em um intervalo entre dois dias. Foram mais de 146 mil infecções em 24 horas, o que representa uma baixa de 11%. A média móvel de novas mortes também caiu após cinco dias. Entre quarta e quinta-feira, 943 óbitos foram registrados, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

    Newsletter

    Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

    Mais Recentes da CNN