Maranhão tem 6 cidades em estado de emergência e 779 famílias afetadas por chuvas

À CNN Rádio, o porta-voz do Corpo de Bombeiros do estado, Major Lisboa, disse que chuvas intensas começaram antes da hora

Corpo de bombeiros reforça assistência à população atingida pela tragédia
Corpo de bombeiros reforça assistência à população atingida pela tragédia Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão

Amanda Garciada CNN*

São Paulo

Ouvir notícia

O estado do Maranhão tem sido fortemente afetado pelas chuvas desde dezembro do ano passado. De acordo com o Major Lisboa, porta-voz do Corpo de Bombeiros maranhense, atualmente há 6 cidades em estado de emergência.

Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá, Paraibano e Formosa de Serra Negra são os municípios que demandam mais atenção dos bombeiros neste momento.

Em entrevista à CNN Rádio, o Major avaliou que o período de chuvas começou antes da hora. “Eles vieram mais cedo, temos tempestade de formas mais intensas geralmente no início de março, mas em dezembro de 2022 já conseguimos constatar os prejuízos.”

Bombeiros ajudam atingidos pelas enchentes no Maranhão
Bombeiros ajudam atingidos pelas enchentes no Maranhão / Secretaria de Segurança Pública do Maranhão/divulgação

O porta-voz reforçou que, no momento, é feito um “trabalho de monitoramento juntamente com os órgãos responsáveis e com a meteorologia.”

A previsão é de que as chuvas continuem no Maranhão nos próximos dias.“Estamos com 779 famílias desabrigadas ou desalojadas e além delas temos outras afetadas, que tiveram rotina alterada pelas chuvas intensas”, relatou.

O Major Lisboa ainda afirmou que a prioridade “é tirar as pessoas que estão em áreas com possibilidade de inundação para lugar seguro.”

“Em paralelo, fazemos ajuda humanitária, com cestas básicas, medicamentos, transporte para testagem de covid, importante é levar esperança”, completou.

*Produção de Bruna Sales

Mais Recentes da CNN