Maurício Pestana: questões raciais e políticas foram o forte deste Carnaval

Para o Especialista CNN em Direitos e Inclusão, "é de vital importância uma festa como esta tratar destes temas"

Henrique Andradeda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

As escolas de samba voltaram a desfilar dois anos após o início da pandemia da Covid-19. Tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro, as questões sociais e políticas dominaram os temas escolhidos para as apresentações.

Para o Especialista CNN em Direitos e Inclusão, Maurício Pestana, “é de vital importância uma festa como o Canarval tratar destes temas”. “A luta contra o preconceito, inclusive o religioso, muito forte no Brasil chamou minha atenção, assim como a questão racial”, afirmou Pestana.

Após dois anos marcados pela pandemia, o Especialista CNN disse que esperava mais temas relacionados à saúde, mas foi surpreendido de maneira positiva. “Na realidade, as questões raciais e políticas foram o forte desse Carnaval. Muito bom ver que a sociedade brasileira está mobilizada contra esse mal”, avaliou.

Por fim, Pestana afirma que esses assuntos devem continuar a serem debatidos pela sociedade brasilera. “Qualquer forma de expressão na luta contra o racismo e esses preconceitos é muito importante. É um momento que você vê negros e brancos ecoando um só grito. Seria muito importante que isso não acontecesse não só no Carnaval”.

Mais Recentes da CNN