Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Menina de 8 anos morre após sofrer AVC; caso é raro em crianças

    Caso atinge, em média, até 13 a cada 100 mil crianças segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria

    Menina Julia, de oito anos, morreu após sofrer AVC; caso é raro em crianças
    Menina Julia, de oito anos, morreu após sofrer AVC; caso é raro em crianças Reprodução

    Dayres VitoriaMaria Clara AlcântaraAna Coelhoda CNN*

    Uma menina, de apenas 8 anos, morreu após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) nesta última segunda-feira (08). Maria Julia de Camargo Adriano era moradora de Ribeirão do Pinhal, município do Paraná, e estava internada no Hospital Universitário (HU) de Londrina desde o último sábado (06), após sentir fortes dores de cabeça e desmaiar.

    À CNN, a tia de Maria Julia, Adriana Silva, informou que a menina brincava na manhã de sábado (6) em casa, quando se deitou em uma rede se queixando aos pais de fortes dores de cabeça. Logo em seguida, ela desmaiou. O pai e a mãe, assustados, levaram a menina rapidamente para o hospital da cidade.

    Na unidade de pronto-socorro, devido ao estado da criança ser grave, os médicos optaram por transferi-la para o Hospital de Bandeirantes, onde uma tomografia realizada na unidade constatou que a menina havia sofrido uma séria lesão no cérebro.

    Após o resultado do exame, novamente Julia foi transferida, desta vez para o Hospital Universitário (HU) de Londrina. Lá, ela ficou internada por dois dias na Unidade de terapia intensiva (UTI) pediátrica.

    Ainda segundo a tia, vários exames foram realizados em Julia, mas a menina não apresentou nenhuma melhora. Nesta segunda-feira (08), Maria Julia não resistiu e teve morte encefálica. O Hospital confirmou o falecimento da criança.

    Maria Julia, que era filha única, estava aproveitando as férias escolares. Para a tia, ela deixará muita saudade para familiares e amigos da cidade:

    “Ela era uma criança muito alegre, feliz, inteligente. A cidade toda está muito comovida com a perda dela”, disse a tia à CNN. Julia foi velada na segunda-feira (08) e enterrada nesta terça (9), às 11h00, no Cemitério Municipal de Ribeirão do Pinhal.

    O caso é raro em crianças. Segundo um estudo da Sociedade Brasileira de Pediatria, um AVC em pacientes pediátricos pode atingir até 13 num universo de 100 mil crianças.