Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ministro da Educação se solidariza com vítimas de ataque à faca em escola de SP

    Uma professora de 71 anos morreu durante a agressão; outras cinco pessoas ficaram feridas

    Imagens de câmera de segurança mostraram aluno de 13 anos atacando professora de 71 anos com faca.
    Imagens de câmera de segurança mostraram aluno de 13 anos atacando professora de 71 anos com faca. Reprodução

    Da CNN

    O ministro da Educação, Camilo Santana, se solidarizou com os familiares e amigos dos professores e estudantes feridos em um ataque à faca em uma escola de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (27).

    “Acompanho com consternação o episódio de violência ocorrido na Escola Estadual Thomazia Montoro, na cidade de São Paulo. Manifesto minha solidariedade aos familiares e amigos dos professores e estudantes feridos no ataque, colocando o MEC à disposição da Secretaria de Educação e do Governo do Estado para colaborar no que for possível”, escreveu nas redes sociais.

    Durante o ataque, uma professora de 71 anos, identificada como Elisabeth Tenreiro, foi morta. Outras três professoras e dois alunos também foram feridos. Eles não correm risco de vida, segundo as autoridades paulistas.

    Uma professora de Educação Física foi responsável por imobilizar o agressor, um aluno de 13 anos, e interromper o ataque. O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, classificou a ação como “heroica”.

    (Publicado por Lucas Schroeder)