Morre João Sayad, ex-ministro do planejamento, aos 75 anos

Sayad foi ministro do Planejamento na gestão de José Sarney e teve destaque no lançamento do Plano Cruzado

Creative Commons

Marcio Tumen Pinheiroda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Morreu neste domingo (5) o economista João Sayad, ministro do Planejamento no governo José Sarney. Sayad morreu aos 75 anos, vítima de câncer. O velório será nesta segunda-feira (6), em São Paulo.

Sayad integrou a equipe criadora do Plano Cruzado, lançado pelo então presidente Sarney em 1986 para combater a hiperinflação que atacava a economia brasileira na década de 80.

Professor na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP desde os anos 60, Sayad, integrou as secretarias da Fazenda no governo paulista de Franco Montoro (1983-1987) e da prefeitura paulistana na administração de Marta Suplicy (PT). Foi ainda secretário estadual de Cultura em São Paulo, na gestão José Serra (PSDB), entre 2007 e 2010.

Doutor em economia pela Yale University, ocupou outros cargos de relevância, como o de vice-presidente de Administração e Finanças do Banco Interamericano de Desenvolvimento em Washington (2004-2006); membro do Conselho de Administração da Petrobras (2003); presidente executivo e do Conselho de Administração do Banco Interamerican Express (1989-2001); secretário Executivo da Associação Nacional dos Centros de Pós Graduação em Economia (1979-1981) e diretor de Cursos da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP (1962-1979).

Mais Recentes da CNN