Morre menina que sofreu acidente com carro alegórico no Rio

Criança de 11 anos precisou amputar uma das pernas após o acidente na madrugada desta quarta-feira (20)

Desfile da escola de samba "Em Cima da Hora" no Carnaval carioca
Desfile da escola de samba "Em Cima da Hora" no Carnaval carioca Tomaz Silva/Agência Brasil

Beatriz PuenteCamille Coutoda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A menina Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, morreu nesta sexta-feira (22), um dia após o acidente envolvendo um carro alegórico na Sapucaí, no Rio. O óbito foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio. Segundo a nota do Hospital Municipal Souza Aguiar, ela teria falecido por volta de 12h10.

Até essa manhã, ela estava internada em estado gravíssimo, após passar por uma cirurgia em que precisou amputar uma das pernas.

Raquel ficou imprensada entre um poste o carro abre-alas da escola “Em Cima da Hora” na madrugada desta quarta-feira (20). Ela teria subido no veículo enquanto o mesmo saia da avenida. A menina foi socorrida no posto de saúde do Sambódromo e depois foi levada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, onde ficou internada.

Em nota a Polícia Civil informou que já realizou perícia no local, ouviu o condutor do carro e um ajudante, além de solicitar imagens de câmeras de segurança da região.

A agremiação informou à CNN que não iria se pronunciar sobre o caso.

Decisão da Justiça

Na quinta-feira (21), a Justiça do Rio de Janeiro determinou medidas para garantir mais segurança para crianças e adolescentes durante os desfiles e no entorno da Marquês de Sapucaí. Para a Promotoria, os desfiles desta quarta (20) violaram normas de segurança.

Segundo o Corpo de Bombeiros, nenhuma das escolas de samba que desfilaram no primeiro dia, na quarta (20), estava com seus carros regularizados.

Em nota, a Liesa informou que recebeu a notificação do Ministério Público do Rio de Janeiro sobre a determinação da utilização de escolta dos Carros alegóricos da saída do Sambódromo até o retorno à Cidade do Samba.

A liga ainda reiteriu que qualquer decisão judicial que ajuda a reforçar a segurança dos desfiles, dos componentes, do público e dos cidadãos envolvidos na festa é positiva e será prontamente atendida pela Liesa.

Mais Recentes da CNN