Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Motorista que capotou Porsche em MG estava embriagado, diz polícia

    Segundo as autoridades estaduais, condutor do carro de luxo também não tinha permissão para dirigir

    Porsche ficou totalmente destruído após colisão
    Porsche ficou totalmente destruído após colisão Reprodução/Itatiaia

    Thais Magalhãesda CNN Em São Paulo

    O motorista do Porsche que capotou na avenida Barão Homem de Melo, no bairro Estoril, em Belo Horizonte, não tinha permissão para dirigir e apresentou “claros sinais de embriaguez”, informou a Polícia Civil. O acidente aconteceu na madrugada desta segunda-feira (11) e deixou uma pessoa morta.

    Segundo o delegado responsável pelo caso, o homem de 32 anos permaneceu em silêncio durante todo o depoimento e se recusou a fazer o teste do bafômetro.

    A polícia informou que o condutor não tinha permissão para dirigir desde 2011, por conta de uma “multa de natureza grave”. Ele foi preso em flagrante e indiciado pelos crimes de homicídio culposo e embriaguez ao volante, crimes que não possuem pagamento de fiança

    De acordo com informações passadas pelos investigadores, após atendimento no hospital João 23, o homem foi levado para a delegacia na companhia dos seus advogados. Após receber voz de prisão, o homem se queixou de dores e foi novamente levado ao hospital, onde aguarda atendimento médico para definir a necessidade de internação.

    O acidente

    Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento do acidente. No vídeo é possível ver os destroços do carro avaliado em R$ 600 mil voando pela avenida. Segundo a polícia, o velocímetro do veículo ficou travado em 250 km/h.

    Durante o acidente, o passageiro, um homem de 32 anos, foi ejetado do carro e morreu no local. A via ficou interditada devido aos destroços do veículo, mas foi liberada no início da tarde.

    Tópicos

    Tópicos