Caso Henry: Jairinho passa a dividir cela da prisão com outros detentos

Agora, ele divide cela com outros detentos no presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8

Prisão do vereador Dr. Jairinho no Caso Henry Borel
Prisão do vereador Dr. Jairinho no Caso Henry Borel Foto: FotoArena/Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

Jairo Souza Santos Júnior, o Dr Jairinho, deixou o isolamento no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. Agora, ele divide cela com outros detentos no presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária. O vereador teve a prisão temporária decretada pela justiça e está preso desde 8 de abril. Ele é acusado pela polícia civil do homicídio do menino Henry Borel, de quarto anos. 

 

Como qualquer outro preso, Jairinho cumpriu o isolamento de 14 dias, adotado pela SEAP para evitar infecção por coronavírus nas unidades prisionais. No entanto, como o vereador precisou sair da unidade para atendimento médico, esse período foi zerado e ele cumpriu mais 14 dias de isolamento. 

Já a namorada de Jairinho e mãe de Henry, Monique Medeiros, foi diagnosticada com a Covid-19 e está em acompanhamento médico no Hospital Penitenciário Dr. Hamilton Agostinho de Castro, no mesmo Complexo. A Seap não deu detalhes sobre o estado de saúde dela.

A prisão temporária do casal vai até o dia 07 de maio. Até lá, a polícia corre para concluir o inquérito que investiga a morte da criança.

Mais Recentes da CNN