Navio de cruzeiro retorna ao Porto de Santos após surto de Covid-19

Ao todo, 78 pessoas da embarcação foram infectadas, além de outras 54 que tiveram contato com aqueles que testaram positivo

Fabrício Juliãoda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O navio MSC Splendida voltou ao Porto de Santos (SP) após relatar a ocorrência de novos testes positivos de Covid-19 a bordo. Ao todo, 51 tripulantes e 27 passageiros estão infectados, além de 54 pessoas que tiveram contato com os contaminados pelo vírus.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou, em nota divulgada nesta quinta-feira (30), que está monitorando a situação da embarcação.

Todas as 132 pessoas, entre casos positivos e pessoas que tiveram contato, foram desembarcadas conforme as regras dispostas pela Anvisa e de acordo com o plano de operacionalização elaborado pelo município de Santos e pelo estado de São Paulo, que prevê o transporte dos viajantes em veículos específicos.

Após o desembarque, a Agência informa que o monitoramento de todos os viajantes deve ser realizado pelos Centros de Informações Estratégicas em Saúde (CIEVs) das localidades de destino.

Até o momento, não estão autorizados novos desembarques ou embarques, e o navio deve permanecer atracado na cidade do litoral paulista até a finalização da análise dos dados pelas autoridades de saúde.

O MSC Splendida, que leva 4 mil pessoas a bordo, saiu de Santos no domingo rumo ao Rio de Janeiro. A embarcação recebeu solicitação da Anvisa na quarta-feira (29) para voltar ao local de partida, após fiscalização um dia antes.

Diante da expansão da variante Ômicron ao redor do mundo, a Anvisa disse que o cruzeiro pode ter que responder a certas medidas, como a necessidade de quarentena ou a suspensão das atividades.

A MSC ainda não se posicionou sobre o assunto.

Costa de Diadema

Caso semelhante aconteceu com o navio de cruzeiro Costa de Diadema atracou na manhã desta quinta-feira (30) no Porto de Salvador, após relatar 68 casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas.

Anvisa informou que também está monitorando a situação do navio, e não autorizou a embarcação na capital baiana. Portanto, está proibido o embarque e desembarque de viajantes até que seja finalizada a investigação que está em andamento.

O Costa Diadema leva 3.836 viajantes. Entre o total que testou positivo para Covid-19, 56 são tripulantes e 12 passageiros.

A embarcação partiu do Porto de Santos, no dia 20 de dezembro, e teria como último destino a cidade de Ilhéus, na Bahia.

Mais Recentes da CNN