Negociações difíceis na Ucrânia, alta dos preços dos alimentos e mais de 23 de abril

Presidente ucraniano disse que interromperá negociações com a Rússia se civis forem mortos na cidade de Mariupol

Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy
Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy 31/03/2022Serviço de Imprensa da Presidência da Ucrânia/Divulgação via REUTERS

Pedro Zanattada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A declaração do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, sobre o uso de força contra civis em Mariupol e o aumento nos preços dos alimentos no Brasil estão entre os destaques do noticiário deste sábado (23).

Declaração de Zelensky

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou neste sábado (23) que se os ucranianos na cidade sitiada de Mariupol forem mortos pelas forças russas e se a Rússia organizar “pseudorreferendos” em territórios ocupados, a Ucrânia interromperá as negociações com o lado russo.

Preço dos alimentos em alta

Os preços dos produtos nos supermercados tiveram alta de quase 3% em março, segundo o Índice de Preços dos Supermercados, apurado pela Apas (Associação Paulista de Supermercados) em parceria com a Fipe. O aumento de 2,64% foi o maior para o mês na série histórica, iniciada em agosto de 1994. O grupo de alimentos foi um dos mais impactados pela alta das commodities.

Ciro ataca Lula

O pré-candidato Ciro Gomes (PDT) condenou neste sábado (23) o adversário Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que ainda não se manifestou publicamente sobre o perdão do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

Carnaval impulsiona shows e festas no Rio

O setor de eventos na cidade do Rio de Janeiro ganhou impulso com o retorno dos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí e a realização de festas particulares durante o feriado de Tiradentes.

Hepatite infantil desconhecida

A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou neste sábado (23) a situação dos casos de hepatite aguda de causa desconhecida em crianças. Segundo a OMS, foram registrados pelo menos 169 casos em 12 países até o dia 21 de abril. Os casos atingiram crianças e adolescentes entre 1 mês e 16 anos de idade. Dezessete crianças (aproximadamente 10%) necessitaram de transplante de fígado. Uma morte foi relatada.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN