Nelson Teich, COVID-19 no Brasil e mais da noite de 29 de abril

Assista ao 5 Fatos Noite desta quarta-feira (29), apresentado pela âncora da CNN Daniela Lima

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia
 
A fala do novo ministro da Saúde, Nelson Teich, defendendo o isolamento social, os números mais recentes do novo coronavírus no Brasil, a posse do novo ministro da Justiça, André Mendonça, e a coletiva de imprensa realizada pelos ministros Paulo Guedes (Economia) e Braga Netto (Casa Civil) estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta quarta-feira, 29 de abril de 2020.

Teich

O ministro da Saúde, Nelson Teich, reconheceu a senadores que, sem testes em massa, o Brasil está navegando às cegas no combate ao novo coronavírus. Ele ainda defendeu o isolamento social por ser a única forma de conter o contágio.

Coronavírus

A fala do ministro ocorreu no dia em que o país registrou nova alta acentuada no número de mortes por COVID-19. O país já contabiliza 5.466 mortes pela doença e mais de 78 mil casos confirmados.

Posse do novo ministro da Justiça

O novo ministro da Justiça, André Mendonça, tomou posse nesta quarta-feira (29) em meio à forte tensão entre o Planalto e o Supremo. Ele defendeu diálogo e prometeu respeito aos poderes, além de combate ao crime.

Bolsonaro

Minutos antes da posse de Mendonça, o governo Bolsonaro anunciou que não iria recorrer da decisão do ministro do Supremo, Alexandre de Moraes, que barrou a nomeação de Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal.  

Guedes

O Palácio do Planalto montou uma operação para passar a imagem ao mercado de que não há mais conflito de agendas em torno da política econômica. O ministro Paulo Guedes foi escalado para falar ao lado do chefe da Casa Civil, Braga Netto. A missão era dizer com clareza que quem avaliza ou não os custos de novos projetos é Guedes, e que não há mais ruído no governo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br.

Mais Recentes da CNN