Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nível do Guaíba baixa 20 cm em 24 h; volume da Lagoa dos Patos preocupa

    Após dias de enchentes catastróficas, moradores de Porto Alegre começam a ver queda gradual do nível do Guaíba

    Da CNN

    Após dias de fortes chuvas e inundações devastadoras no Rio Grande do Sul, os moradores de Porto Alegre finalmente têm um sinal de esperança. O nível do lago Guaíba, que atingiu números críticos, baixou cerca de 20 centímetros nas últimas 24 horas, trazendo um alívio para a região.

    Apesar de o Guaíba ainda estar cerca de 1,5 metro acima de sua média normal, técnicos do Serviço Geológico do Brasil afirmam que a tendência é de que o nível continue a cair nos próximos dias, desde que não haja chuvas intensas.

    Essa tendência é reforçada pelo fato de que o rio dos Sinos, afluente importante do Guaíba, também está baixando gradualmente.

    As enchentes causaram estragos significativos em toda a região metropolitana de Porto Alegre, deixando ruas alagadas e forçando a retirada de milhares de moradores de suas casas.

    O rio Taquari, um dos principais afluentes do Guaíba, chegou a atingir níveis históricos de mais de 30 metros em algumas áreas.

    No entanto, a situação permanece crítica na Lagoa dos Patos, que recebe todo o volume de água do Guaíba.

    O nível da lagoa tem subido rapidamente, com o Instituto Metsu projetando que as inundações podem atingir áreas em Pelotas que nunca foram afetadas antes.

    Há inclusive a possibilidade de a Lagoa dos Patos se unir à Lagoa Mirim por meio do Canal de São Gonçalo.

    Autoridades locais continuam monitorando a situação de perto e trabalhando para fornecer assistência às famílias desabrigadas.

    A população é orientada a permanecer em alerta e seguir orientações da Defesa Civil para garantir sua segurança.