No Rio, criança morre e duas são feridas por balas perdidas

Segundo a Polícia Militar, policiais foram recebidos a tiros por criminosos quando faziam patrulhamento próximo a uma comunidade em Queimados, na Baixada Fluminense; segundo a corporação, eles não revidaram

Helena Vieirada CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Uma criança morreu e duas ficaram feridas durante um tiroteio na cidade de Queimados, na Baixada Fluminense, nesta quinta-feira (6). Segundo a Polícia Militar do Rio de Janeiro, os agentes estavam em patrulhamento em uma estrada próxima à uma comunidade local quando foram atacados a tiros. A corporação informa que os militares não atiraram de volta.

Pouco tempo depois da ocorrência, os policiais foram informados por moradores de que havia uma criança ferida. Ela chegou a ser socorrida para um pronto-socorro do município, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em seguida, outra criança e uma adolescente deram entrada feridas na mesma unidade de saúde. Elas foram transferidas para hospitais de cidades vizinhas. Uma menina de 13 anos deu entrada no Hospital Geral de Nova Iguaçu na tarde desta quinta-feira, após ser baleada na perna direita (região da coxa). Ela também teve lesão na bexiga provocada pela perfuração. Foi imediatamente submetida a uma cirurgia de emergência e está em pós-operatório. Apesar da gravidade da lesão, no momento, o estado de saúde é estável

O hospital estadual Adão Pereira Nunes, também em Duque de Caxias, não informou o estado de saúde da criança internada na unidade.

A CNN procurou a Polícia Civil, que divulgou nota sobre o caso: De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), as investigações estão em andamento para esclarecer as circunstâncias da morte de Kevin Lucas dos Santos Silva, 6 anos, e duas crianças que foram baleadas. A perícia foi realizada no local e familiares ouvidos. Os policiais militares que participaram da ação prestaram depoimento e as armas foram apreendidas.

Segundo o Instituto Fogo Cruzado, em dezembro de 2021, cinco crianças foram baleadas na região metropolitana do Rio. Todas sobreviveram.

Mais Recentes da CNN