Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dez pessoas morrem em acidente de ônibus no interior de SP

    Conferência Nacional dos Bispos do Brasil manifestou solidariedade e ofereceu assistência aos romeiros envolvidos no incidente

    Catarina Nestlehnerda CNN*

    Na tarde da última sexta-feira (05), a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que subiu para 12 o número de mortos no acidente com um ônibus de turismo, em Itapetininga, interior de SP. A informação incorreta foi corrigida pelo órgão para 10 mortes neste domingo (07). A versão original desta matéria, com o número equívoco, foi atualizada. 

    Em nota, a SSP pede desculpas e esclarece: “Em rechecagem da contabilização de vítimas fatais, identificou-se que no Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Civil, onde trazia a informação de 12 mortos – 10 identificados e dois ‘desconhecidos’ – os desconhecidos citados já estavam incluídos na listagem nominal dos óbitos.

    O acidente deixou 59 vítimas, desses dez não resistiram. O veículo colidiu contra o pilar de sustentação de um viaduto. 

    O ônibus era fretado e partiu da cidade de Ribeirão Branco, no interior de São Paulo, com destino à cidade de Aparecida, também no interior do estado.  

    Em nota, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifestou solidariedade e ofereceu assistência aos romeiros da diocese de Itapeva envolvidos no acidente. 

    “Neste momento de grande tristeza, nós, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, expressamos nossa solidariedade e nossas mais sinceras condolências à Dom Eduardo Malaspina, bispo da diocese de Itapeva, aos familiares e amigos das vítimas”, afirmou a organização.  

    A SSP afirmou ainda que todos os exames periciais foram solicitados e realizados, e a Polícia Técnico-Científica trabalha para identificar e liberar o restante das vítimas fatais.

    As causas do acidente ainda estão sendo investigadas. 

    O caso foi registrado como homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo. Foi instaurado um inquérito policial para esclarecer todas as circunstâncias dos fatos.

    *Sob supervisão