Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ossadas são encontradas durante buscas por PM que sumiu no Guarujá (SP)

    Soldado Luca Romano desapareceu há mais de uma semana; três pessoas já foram presas temporariamente por envolvimento no caso

    Policial Luca Romano Angerami desapareceu no Guarujá e PM realiza buscas na região 
    Policial Luca Romano Angerami desapareceu no Guarujá e PM realiza buscas na região  Divulgação

    Felipe SouzaJulia Fariasda CNN*

    Em São Paulo

    Duas ossadas, ainda não identificadas, foram encontradas por policiais militares durante uma ação conjunta com a Prefeitura de Guarujá na manhã de segunda-feira (22), no Guarujá, litoral de São Paulo.

    Os ossos foram encontrados enquanto ocorriam as buscas pelo soldado Luca Angeromi, do 3° BPM/M, desaparecido desde o dia 14 de abril na cidade do litoral. O veículo do policial, um Toyota Corolla, foi encontrado às margens da Rodovia Cônego Domênico Rangoni.

    De acordo com a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), a perícia e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e a 3° Delegacia de Homicídios do DEIC, do Deinter 6, comunicada. O caso foi registrado como homicídio e morte suspeita na delegacia da cidade.

    Na última sexta-feira (19), a polícia prendeu três suspeitos de estarem envolvidos no desaparecimento do soldado. Os indivíduos, com idade entre 19 e 42 anos, foram presos em cumprimento a mandados de prisão temporária expedidos pela justiça.

    Em nota, a SSP disse que o desaparecimento do policial militar segue em investigação pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar.

    A pasta ainda aponta que cerca de 250 policiais foram deslocados para a região com a finalidade de reforçar o policiamento e a segurança, além de auxiliar nas buscas pelo soldado.

    (*Sob supervisão de Carolina Figueiredo)