Pesquisa: Maior desafio de professores é com a saúde mental em volta presencial

Preocupação com impactos da pandemia na aprendizagem e nos próprios alunos também são relatados por docentes

Paula Nobreda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A atenção à saúde mental de professores e alunos é o principal desafio na volta às aulas presenciais no Brasil, segundo pesquisa do Instituto Península. Mais de 2.500 mil docentes e gestores escolares das redes municipais, estaduais e privada participaram do levantamento.

Na pesquisa, 57% dos educadores disseram que gostariam de receber apoio psicológico e emocional, principalmente para lidar com as questões impostas pela pandemia.

Também para 57% dos docentes, o principal desafio está em recuperar a aprendizagem dos alunos, impactada com o fechamento das escolas e com os obstáculos do ensino a distância.

Apesar de 79% dos professores acreditarem que os estudantes estão felizes em retornar às aulas, 53% sentem que os jovens estão desmotivados para a aprendizagem. Para mudar esse cenário, na visão dos professores, é preciso criar estratégias que motivem os estudantes.

Na pesquisa, 58% dos profissionais de educação sinalizaram a importância de pensar no acolhimento dos alunos e promover maior participação da família. Para 51%, é importante que as tecnologias apoiem o uso de diferentes metodologias de ensino de modo que auxiliem no processo de recuperação da aprendizagem.

Mais Recentes da CNN