PF abre inquérito para apurar mudança na cor das águas em Alter do Chão

A PF enviou peritos para a região, no Pará, e pretende fazer um sobrevoo na próxima segunda-feira (24)

Mudança na cor das águas de Alter do Chão, no Pará, preocupa especialistas e autoridades locais
Mudança na cor das águas de Alter do Chão, no Pará, preocupa especialistas e autoridades locais Reprodução/CNN Brasil (20.jan.2022)

Thais Arbex

Ouvir notícia

A Polícia Federal abriu um inquérito para investigar os motivos da alteração na tonalidade das águas no rio Tapajós, distrito de Alter do Chão, no Pará. A investigação foi instaurada na última quinta-feira (20).

A PF enviou peritos para a região e pretende fazer um sobrevoo na próxima segunda (24), com duas aeronaves do ICMBio (Instituto Chico Mendes). Também farão parte da comitiva de fiscalização integrantes do Ministério Público, técnicos do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e pesquisadores da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA).

O objetivo da vistoria é analisar, entre outros pontos, a extensão da mancha que mudou a coloração do Rio Tapajós. Os peritos também vão coletar amostras da água turva em diferentes pontos do rio para posterior análise e laudo pericial.

Técnicos do Ibama e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) iniciaram uma inspeção de emergência no rio Tapajós, na última quarta (19).

Amostras foram coletadas e encaminhadas para análise após a água apresentar coloração turva – não característica na região, conhecida como Caribe brasileiro.

Mais Recentes da CNN