PF desmonta laboratórios de falsificação de moeda no interior de SP

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em Birigui e Araçatuba, e três pessoas foram presas em flagrantes

Máquina de falsificação de notas de real apreendida pela PF
Máquina de falsificação de notas de real apreendida pela PF Foto: Divulgação/PF

Vianey Bentes

Da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

A Polícia Federal desmantelou em Araçatuba, no interior de São Paulo, na quinta feira (2), um laboratório de que produzia cédulas falsas de 10, 20, 50 e  de reais. A quadrilha  utilizava maquinário diversificado e várias técnicas gráficas para simular os itens de segurança das cédulas verdadeiras.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em Birigui e Araçatuba, e três pessoas foram presas em flagrantes. Existe a suspeita  ainda, de que os criminosos tenham matrizes de cédulas de dólar,o que a PF ainda investiga.

A PF  encontrou um grande número de dinheiro falso, que os bandidos venderiam pela internet, e enviaria pelos correios  para os compradores. Eles apreenderam milhares de cédulas prontas e outras em fase de confecção , impressão e acabamento. Além de encontrarem  uma grande quantidade de aparatos para falsificação de moeda, como papéis, impressoras, tintas, equipamento gráfico e material de acabamento.

Essa organização criminosa já vinha sendo monitorada pela PF há mais de um ano. Todos já tinham passagem pela polícia e vão responder pelos crimes de moeda falsa, cuja pena é de 3 a 12 anos de prisão, e por por organização criminosa, que dá pena de 3 a 8 anos de cadeia.

Os presos foram  encaminhados à Cadeia Pública de Penápolis/SP, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal.Segundo a PF, em três anos,a organização criminosa, colocou no meio circulante milhares de cédulas falsas, sque foram apreendidas e retiradas do comércio e contabilizadas: 996 exemplares de 10 reais; 58.738 de 20 reais; 15.234 de 50 reais; e 3.012 de 100 reais.

No total foram produzidas até o momento, pelos  criminosos, 77.980 cédulas falsas, somando mais de R$ 2 milhões em dinheiro falso retirado do mercado brasileiro. A PF estava contabilizando ainda o dinheiro apreendido.

Mais Recentes da CNN